sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Três Marias



Dois homens disputam Três Marias
Diante do lamento elas carregam suas guias
Eles se rendem e se encantam
Se deparam com o sôfrego e não cantam
Elas determinam o objetivo do gosto
Fazem seu pressuposto
Eles tem a facilidade como obstáculo
E elas buscam o oráculo
Eles se perdem no conto
E elas esquecem o ponto
Todos querem um nó,
um amor sincero de vó
Elas se afogam no pranto
E eles pensam tanto...
As Marias se unem em mim
Ao leste das minhas costas
O começo de uma história sem fim
E eles esperam respostas

Um comentário:

Rico disse...

Vc tá cada vez melhor.