domingo, 14 de setembro de 2008

Último Engodo


De longe vendo o deserto
O céu me diz estar incerto
Será que ele tem razão?
Porque não...
Eu torno tudo fantasioso.
Qual será o tempo?
No assento, me lembro,
ele sempre diz: Nunca quis!
Digo estar de acordo.
Ele acha a atitude certa.
Vem com churumela. Dá sebo nas canela
E eu finjo que decreto certo. Faço pose. Sou magrela.
Logo jogo meu engodo, dou dois de papo e prosa,
que eu quero ver se ele não se entrosa.

Um comentário:

Rico disse...

Já estava com saudade! Estava fazendo falta!