sábado, 27 de junho de 2009

Nosso vício


Mais uma vez,
perco a noite tentando achar a droga que te sacia,
o que te impulsiona pra fora da realidade.
Quero ser o seu porre, seu chão.
Seu alimento diário preferido.
Ser a provocação, a atuação.
Recordo o brilho do seu olhar...
Tão intenso,verdadeiro,
e isso me faz anular prioridades.
Me faz não ter medo de seguir por caminhos obscuros.
Construo até uma abstinência pra te conquistar.
Diminuo doses,
faço com que não fique vulgar.
Mas não perco a poesia,
não desperdiço.
Mais uma vez,
você está longe,
e eu aqui ,
criando ilusões entre goles de esperança.
Relembro nosso sincronismo,
nosso beijo contínuo,
tão quente,
tão esperado...
Mais uma vez
vezes ,meses,
não sei o que pensas.
Sei o que deixou pra trás.
Não desperdice mais seu tempo,
e nem o meu.
Encontrei o que sacia,
todas as suas vontades e necessidades:
O nosso amor.

4 comentários:

kilder disse...

Olá thais, muito bacana o teu blog, muito bonito, cheio de palavras e frases boas, pensantes!!!!!

beijo.

fabio menezes disse...

Adorei o dialogo das fotos com a poesia... sensacional a parte das aspas!!!

Parabens adorei tudo, ainda é atriz, que ótimo, parabens pelo belo caminho percorrido!!!

Aproveito e mando um dos meus...rss!

Amar: 2 solidões que se protegem, se tocam e se saúdam

Só coisa boa pr ti!!
sorte
BejowW

Rico disse...

Saudadíssima de ler vc.
Sempre passava aqui e via que vc não tinha atualizado e ficava meio triste. Sei q era pelo tempo muito curto.
Mas dava uma saudade!
Continua ótima!

Aline Fanju disse...

hum..quem é q tá inspirada por aqui?!
eita vida essa,né?!
besos